© 2019 por Your Commmerce. Criado orgulhosamente por nossa Equipe.

O QUE É REMARKETING?

Você entra no local e um vendedor muito elegante se aproxima, com uma imagem detalhadamente cuidada, vestido com uma camisa branca passada perfeitamente, gravata justamente no centro e um penteado impecável. Ele te cumprimenta de forma amável e você conta que está procurando algumas luvas que estão na vitrine, das quais você gostou muito. 30 segundos depois, você está em frente ao espelho, estirando os dedos enquanto a sua mente processa toda a informação… Preço? Custam um pouco mais do que você tinha pensado gastar, mas, por outro lado, você gosta delas, se sente muito cômodo e ainda falta que se ajustem a sua mão. A marca? É conhecida, você compartilha os valor que tem, se identifica…

Enfim, você gostou, mas é de manhã e você ainda tem muito para ver. Agradece o vendedor e sai do negócio.

Uma quadra a frente, você cruza de frente com um cartaz gigante, com o logo da loja que acaba de sair e uma foto de 5×2 metros onde aparecem um volante de carro esportivo e 2 mãos agarradas a ele, que por acaso usam as mesmas luvas que você acabou de provar. Isso te faz gostar ainda mais, já não são apenas as luvas e sim o que as luvas dizem de quem as utiliza; esse volante fino, preto, brilhante, “Com certeza é um carro de colecionador”, você pensa enquanto avança. Continua caminhando, dobra a esquina e as suas pupilas aumentam, uma tela que mostra um vídeo da mesma marca, das mesmas luvas, mas agora na cor marrom, compartilham o protagonismo com uma jaqueta de couro. O modelo que aparece no vídeo está olhando para você? Enquanto passa pelo lado da tela, a música diminui e você escuta o modelo perguntar: “O que acha dessa cor? O interior é de veludo.

Seria estranho, não? É assim, estranho e maravilhoso é o mundo digital, e você tem muito mais oportunidades para chegar ao seu público. Uma vez que os usuários deixarem o seu site, você já tem uma vantagem, os conhece, sabe o que estão buscando e pode personalizar os anúncios da sua marca que eles verão.

Não importa se você tem uma empresa grande, média ou pequena; com um orçamento de marketing grande, médio ou quase nulo. Neste artigo, nós contaremos tudo o que você precisa saber para aplicar e tirar o máximo proveito deste efetivo motor, conhecido como REMARKETING.

Você pesquisou algo sobre a propaganda ao lado?

Como funciona o Remarketing e por quê?

O remarketing, também conhecido como Behavioral Retargeting (Segmentação baseada no comportamento), é uma ferramenta muito poderosa, utilizada para focar os esforços e recursos em clientes em potencial que já mostraram, por seu prévio comportamento, algum tipo de interesse em nossa empresa ou em nossos produtos.

 Trata-se de mostrar anúncios personalizados (através de mais de 2 milhões de sites, no caso do Google Display Network), com a intenção de voltar a atrair os usuários até a nossa página, que por algum motivo abandonaram o processo de registro, inscrição ou compra.

Podem ter acessado apenas a nossa landing page, investigado os nossos produtos ou inclusive criado um carrinho de compras, sem chegar a concretizar a mesma; eles serão tentados através das ações de remarketing a retomar e concretizar o processo.

Em um ecossistema tão diversificado e heterogêneo quanto o mundo digital atual, é muito mais fácil e por tanto mais barato, convencer a fazer algo as pessoas que já se interessaram por você do que a outras que desconhecem a sua existência.

Concluindo, o remarketing é uma ferramenta muito poderosa que, se integrada dentro de uma estratégia de marketing bem planejada, gera resultados extremamente efetivos. A chave de sua eficácia está no fato de que o cliente já mostrou uma intenção de compra.

Ao ter certa flexibilidade nos investimentos, está ao alcance não só das grandes empresas, mas também das médias e pequenas empresas, com orçamentos muito curtos em marketing e publicidade (com custos por clique que vão a partir de 1 centavo).

Por outro lado, ao estar dirigido a pessoas que já se interessaram pelos nossos produtos, nos proporciona uma taxa de conversão mais alta, o que significa uma maior efetividade nos recursos investidos. Em outras palavras, um ROI, ou retorno de inversão, maior.