© 2019 por Your Commmerce. Criado orgulhosamente por nossa Equipe.

Como melhorar seu E-commerce para vender mais?

July 19, 2019

 

 

A cada dia que passa, mais e mais pessoas veem no e-commerce uma ótima oportunidade para venderem mais e melhor. Mas não e para ficar assustado com o nível da competitividade, viu? Com as estratégias corretas de posicionamento e diferenciação, é mais que possível ganhar mercado, aumentar as vendas e faturar mais sem ter que ficar competindo apenas por preço.

 

Comece pela precificacao dos produtos

 

Uma das tarefas mais importantes para todo e qualquer e-commerce é realizar uma precificação adequada a seu mercado. Afinal de contas, a precificação é parte essencial da estratégia de vendas, influenciando diretamente o faturamento do negocio. Mas, ao contrário do que muita gente pode pensar, essa não é uma missão fácil.

Para determinar os preços de seus produtos, é preciso levar em consideração diversas variáveis, como:

  • Preço de aquisição de matérias-primas ou produtos já acabados;

  • Gastos com infraestrutura e manutenção;

  • Salários e pro-labore;

  • Incidência e impacto dos impostos;

  • Margem de lucro;

  • Custos de distribuição;

  • Percepção de valor do público-alvo.

Funciona assim: a soma de todos os investimentos feitos para manter seu e-commerce em atividade, chamada de custo operacional, éo que determina o valor mínimo pelo qual seus produtos devem ser vendidos. Mas esse mínimo não garante lucro, apenas resgata o investimento realizado.

 

CUSTO

 

Existem diversos métodos de precificação de produtos que você pode

aplicar no seu e-commerce, bastando estabelecer qual é o mais adequado para seu nicho de mercado. O modelo mais simples é o baseado nos custos: você soma todos os custos envolvidos, aplica sua margem de lucro e repassa os valores ao consumidor.

Para mercados com bastante concorrência, esse método é o mais indicado, uma vez que permite maior competitividade.

 

CONCORRÊNCIA

 

Outra forma de precificar seus produtos toma como base os preços da concorrência. Nesse caso, você faz um estudo de mercado, lista os preços de seus concorrentes para cada produto e calcula uma media, que servirá de base para estabelecer os valores de venda das suas mercadorias. O detalhe éque essa técnica pode ser boa e ruim ao mesmo tempo, já que você pode acabar subestimando ou superestimando o valor de seus produtos. Causa, assim, um grande desequilíbrio nas finanças do e-commerce. Pense bem: se os preços da concorrência são menores que seus gastos operacionais, você consequentemente tem prejuízo. Por outro lado, se os preços dos concorrentes são muito altos e seu público não esta de acordo, você perde vendas. Por essas e outras, épreciso ter bastante cuidado ao optar por tomar esse método como base para elaborar sua precificação.

 

VALOR

 

Vocêtambém pode realizar a precificação segundo a percepção de valor do seu público-alvo, mas também tomando a precaução de não praticar preços baixos demais, que não deem conta de bancar seus investimentos. Lembrando que a percepção de valor estáatrelada a outros elementos — como a forca da marca, a reputação da empresa no mercado e a qualidade dos produtos. Desde que vocêconheca bem seu mercado-alvo e como sua marca é percebida por ele, não tem erro.

 

Entenda a importância das embalagens

 

A embalagem é, em primeira mão, a garantia de que o produto chegará em perfeito estado ao consumidor, sem arranhões, amassados, avarias ou quaisquer outros incidentes que comprometam a usabilidade ou a aparência do item adquirido. Mas, na verdade, ela pode ser bem mais que isso!

 

CONTATO

 

Se vocêparar para pensar por um momento, veráque a embalagem é o primeiro contato físico entre consumidor e produto.

Por isso, de forma consciente ou não, causa uma impressão sobre o cuidado que o e-commerce tem ao enviar suas mercadorias. Isso sem contar que, normalmente, também éa primeira comunicacão off-line que você estabelece com o cliente, tendo portanto muito significado para sua percepcão de valor.

 

COMUNICAÇÃO

 

Está aí se perguntando o que pode fazer para transformar suas embalagens em aliadas?

Primeiramente, esqueça aquelas embalagens em papel pardo, sem nenhum tipo de customização, porque elas não transmitem a identidade da sua empresa, tampouco comunicam algo.

Prefira embalagens personalizadas, que levem seu logotipo, as cores do seu e-commerce e algumas informações importantes. Viu como, com poucos ajustes, você consegue transformar um simples pacote em uma ferramenta de comunicação?

 

DESIGN

 

O design das suas embalagens também pode fugir do tradicional para surpreender o consumidor. O que acha de, em vez de usar caixas de papelão, usar materiais recicláveis, de madeira ou artesanais? O segredo está em aliar inovação a identidade da marca.

 

REUSO

 

Você também pode sugerir novos usos para suas embalagens, enviando tutoriais de customização juntamente com os produtos. Assim, além de contribuir para o meio ambiente, você agrega valor a seu e-commerce e desperta a consciência dos consumidores.

Para sair do lugar-comum, imagine sua embalagem como um brinde, um presente a mais para seu consumidor. Com isso em mente, inove na apresentação! Seu esforço certamente será reconhecido e recompensado com mais compras, fidelização, aumento de ticket e propaganda gratuita!

 

Torne a vitrine do e-commerce mais atrativa

 

Se a primeira impressão costuma mesmo ficar, um e-commerce atrativo pode fazer toda a diferença para a permanência de um visitante e, logo, para sua conversão em consumidor. E quando falamos em vitrine de um e-commerce, temos que considerar que todas as páginas (e não apenas a inicial) são uma excelente oportunidade de valorizar seus produtos.

 

DESIGN

 

O design do site deve ser limpo e atrativo, com harmonia entre cores e elementos. Para não errar na mão, prime sempre pela máxima do menos é mais. Deixe bastante espaço em branco para que os visitantes consigam identificar rapidamente cada produto e cada informacão, sem se confundirem entre um e outro.

Evite banners piscando, fontes em caixa alta e em cores muito vivas, bem como pop-ups pulando o tempo todo. O que você busca com o design é tornar a navegação agradável e dar destaque ao que realmente importa: seus produtos e a qualidade do que você vende. Assim, se não énecessário, tire.

 

CATEGORIAS

 

Em um e-commerce, a categorização de produtos é fundamental para manter a organização das informações e, com isso, facilitar a vida do usuário. Segmente seus produtos de forma que os visitantes encontrem facilmente o que buscam, ao mesmo tempo em que evita fazer categorizações muito minuciosas. Você pode agrupar, por exemplo, eletroeletrônicos, inserindo equipamentos específicos dentro dessa categoria, como televisores, aparelhos de som, geladeiras e assim por diante.

Em todas as categorias, procure sempre empregar palavras-chave que seu público-alvo usa para encontrar produtos na internet. Dessa maneira, você otimiza seu e-commerce para os mecanismos de busca e aumenta as chances de que as pessoas cheguem atévocê.

 

DESCRIÇÕES

 

As descrições dos produtos também contribuem bastante para posicionar seu e-commerce de forma estratégica na internet, atraindo mais vendas. Por isso, elas devem ser completas e exclusivas, evitando replicações de manuais técnicos dos fornecedores.

Produza descrições envolventes, que falem não só das características dos produtos, mas também dos benefícios por eles proporcionados. Crie um clima que desperte a imaginação, fazendo com que ele se visualize usando a mercadoria.

E não se esqueça de otimizar as descrições com técnicas de SEO para que seu e-commerce seja encontrado com mais facilidade nos mecanismos de busca, sempre pensando em como o consumidor procura por esses produtos na internet.

 

IMAGENS

 

Toda vitrine é feita de imagens, certo? Quando vocêpassa em frente a uma loja, consegue logo distinguir uma vitrine bem feita de uma bagunçada ou sem atratividade.

No e-commerce, sua vitrine deve conter imagens de qualidade, que repassem aos consumidores os atributos de cada produto. Use sempre imagens com boa resolução, que ofereçam uma visualização completa da mercadoria. Nesse sentido, fotos em 360 graus, sob diversos ângulos e que demonstrem a aplicação do artigo são bem mais efetivas que fotos simples e chapadas, sob uma única ótica. Crie um ambiente harmônico para tirar as fotos dos seus produtos, evitando aqueles famosos fundos brancos completamente sem vida.

 

VÍDEOS

 

Se as imagens jáfazem um grande trabalho de marketing para seu e-commerce, imagine os vídeos! Por meio deles, o consumidor pode ter uma visão bem mais ampla do produto e de sua aplicação. Com isso em mente, crie vídeos demonstrativos, tutoriais, dicas de uso e conservação, bem como canais on-line para ensinar seus consumidores a fazerem por si mesmos. Não seria ótimo poder ensinar os clientes via vídeo a montarem os móveis que você vende, por exemplo? Transforme seu e-commerce em um canal de interação, informação e entretenimento para os visitantes e atraia mais tráfego e vendas!

 

NAVEGAÇÃO

 

Conforme aumenta o número de pessoas acessando e-commerces por meio de dispositivos móveis, o investimento em plataformas responsivas ou mobile friendly se torna cada vez mais urgente, a fim de proporcionar uma navegação ágil e intuitiva para os consumidores.

Não se esqueça que o tempo de carregamento das páginas e a visualização completa das informações de cada produto são fundamentais para que você atraia mais oportunidades de venda e mantenha seus clientes satisfeitos com a performance do seu e-commerce. São essas ligações que aumentam o tráfego do seu site e fidelizam leads e clientes.

 

Promova os produtos por meio de conteúdo

 

Como todas as buscas na internet estão ligadas a palavras-chave, o marketing de conteúdo deve ser um grande aliado para tornar seus produtos cobiçados pelos consumidores on-line. Ao investir na criação de conteúdos de qualidade e relevantes para seu mercado, vocêcria autoridade, torna-se referência e contribui para que os internautas vejam no seu e-commerce um fornecedor de soluções e não apenas um canal de vendas.

 

Somadas a boas imagens e vídeos atrativos, as descrições de produtos constituem um excelente começo. Mas vocêpode ir além, criando um blog com o objetivo de ajudar seus consumidores em seus desafios diários.

Crie conteúdos para cada etapa do seu funil de vendas e se transforme em um fornecedor de informações relevantes — como reviews de produtos, comparativos, dicas, tutoriais, lançamentos e assim por diante. Pesquise as principais motivações para que seus consumidores comprem produtos on-line e as transforme em conteúdos ricos, que ajudem na decisão de compra.

Para ganhar visibilidade e atrair a atenção de quem ainda não conhece sua loja virtual, compartilhe esse conteúdo nas redes sociais e transforme essas plataformas em verdadeiros trampolins para as vendas. Sónão se esqueça que redes sociais são dinâmicas e cada uma tem suas características. Portanto, adapte seu conteúdo a cada canal de comunicação para fazer com que mais pessoas cheguem até seu e-commerce.

Além do mais, preze sempre pela junção de texto e imagem para dar mais vida e sentido a seus conteúdos, deixando-os mais atrativos e poderosos na conversão. Use os vídeos para gerar maior engajamento e use links do blog para o site do e-commerce, a fim de gerar tráfego e conquistar clientes. Ainda dentro da sua estratégia de conteúdo, dedique tempo e investimentos a campanhas de e-mail marketing, visando nutrir seus leads e mantê-los próximos. Para isso, envie informativos, cupons de desconto, promoções e novidades, mantendo sua audiência informada e pronta para tomar uma atitude no momento adequado.

 

Posicionamento de mercado tem tudo a ver com atitude. Então seja proativo, busque novas estratégias de diferenciação, fique de olho no seu nicho e não tenha medo da concorrência.

Afinal, o melhor competidor é aquele que supera a si mesmo todos os dias, encarando os desafios como oportunidades para aprender e crescer.

Faça uma correta precificação dos seus produtos e use o marketing digital como principal aliado na conquista de novos clientes, fazendo-se conhecido e respeitado no mercado.

Cuide do visual do seu site, monte um blog para compartilhar conhecimento e capriche nas imagens e nos vídeos para gerar maior interação por parte dos visitantes. Com esse pacote de boas ações, as vendas virão na sequência!

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartillhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload

Posts Em Destaque

Técnicas de Negócio para aumentar a taxa de conversão

September 6, 2019

1/7
Please reload

Posts Recentes